Série B: Vasco perde para o Paraná em São Januário; Bahia vence após quatro rodadas

O Bahia se reencontrou com as vitórias. Após quatro derrotas consecutivas, o Tricolor de Aço fez a torcida sorrir ao fim de um jogo novamente ao bater o Oeste na noite desta terça-feira (28), na Fonte Nova, por 2 a 0. Os baianos chegaram a 20 pontos com o triunfo e encostaram no G-4 da Série B. Fora de casa, o CRB fez 3 a 1 no Joinville e chegou a 22 pontos, entrando momentaneamente no grupo de acesso à Série A do ano que vem. Além do Bahia, outros dois bons mandantes da noite foram Londrina, que superou o Brasil-RS por 1 a 0, e Avaí, que bateu o Vila Nova por 3 a 1.

Na Fonte Nova, o Bahia abriu o placar logo aos 13 minutos. Hayner cobrou lateral para área, e Hernane, esperto, antecipou a marcação e tocou por cima do goleiro adversário. Já na etapa final, aos 15, Hernane foi de artilheiro a garçom e serviu Zé Roberto. O atacante dominou e bateu cruzado para ampliar a vantagem. Sem se entregar, o Oeste teve boa chance de voltar ao jogo. Aos 26 minutos, Ricardo Bueno cobrou pênalti, mas Marcelo Lomba conseguiu fazer a defesa e garantiu a vitória do Tricolor de Aço por 2 a 0 no jogo que marcou a estreia do técnico Guto Ferreira.

Na Arena Joinville, o CRB encarou o time da casa e não se intimidou. Dono das melhores chances da partida, o clube alagoano abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. Magrão cruzou da esquerda, e Zé Carlos subiu bem para balançar a rede de cabeça. O JEC voltou melhor na etapa final e chegou ao empate aos dez, com o atacante Heliardo aproveitando a falha do goleiro Juliano. O gol sofrido fez bem aos regatinos, que cresceram e chegaram ao segundo gol aos 24 minutos. Assisinho aproveitou a sobra na área após cobrança de escanteio e só empurrou para a rede. Já no fim, aos 45, Roger Gaúcho ainda aproveitou o contra-ataque puxado por Gerson Magrão e marcou o terceiro para liquidar a fatura em 3 a 1.

Na Ressacada, o Avaí teve atuação muito superior e conquistou uma vitória com tranquilidade. O primeiro gol da equipe saiu aos 27 minutos e dos pés do adversário. Ajudando na marcação, o atacante Fabinho tentou cortar e acabou marcando contra o Vila Nova. O segundo gol saiu aos 30 minutos da etapa final. Lucas Fernandes escorou cruzamento da direita para ampliar. Dez minutos depois, Rômulo pegou de primeira, por cima do goleiro, e ainda marcou o terceiro. O Tigre descontou em cobrança de pênalti, aos 46, com Frontini, e o placar terminou em 3 a 1.

No Estádio do Café, houve apenas um gol. E foi do time da casa, o Londrina, que bateu o Brasil-RS por 1 a 0. O grande lance do confronto foi aos três minutos do segundo tempo. Léo Pelé cruzou da esquerda, e o atacante Itamar subiu mais que a defesa e acertou o canto esquerdo de Eduardo Martini para garantir a vitória do Tubarão.

O Paraná surpreendeu o líder do Campeonato Brasileiro da Série B, Vasco, e o derrotou, em São Januário, por 2 a 1 na noite desta terça-feira (28). Com gol de Murilo Rangel já aos 42 minutos do segundo tempo, os paranistas chegaram a 20 pontos na tabela de classificação. Com 28, o Cruzmaltino segue no primeiro lugar, mas viu a distância para o segundo colocado, Atlético-GO, cair para três pontos. Diferentemente do Gigante da Colina, Sampaio Corrêa e Náutico levaram a melhor jogando em seus domínios. O Timbu bateu o Luverdense por 1 a 0, e o Tricolor Maranhense fez 3 a 1 no Tupi-MG.

Em São Januário, o Vasco tinha tudo para viver mais uma noite tranquila. Nenê abriu o placar para o Gigante da Colina aos seis minutos. O camisa 10 pegou a sobra na área após cobrança de lateral de Madson e bateu de primeira, marcando um belo gol. O empate dos paranistas, porém, veio aos 35. Após bola levantada na área em cobrança de falta, o atacante Jorge Henrique tentou cortar e acabou marcando contra a própria equipe. Na etapa final, o Cruzmaltino seguiu melhor no jogo, mas após perder muitas chances, viu a velha máxima do “quem não faz, leva” se confirmar aos 42 minutos. Murilo Rangel recebeu de Robson, que fez grande jogada, e decretou a vitória de virada dos visitantes.

Na Arena Pernambuco, houve apenas um gol, suficiente para dar a vitória ao Náutico e fazer com que a equipe encoste no G-4 da Série B, chegando a 21 pontos e subindo para a quinta colocação. O grande lance do confronto saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento para a área, o zagueiro Walace tentou cortar e acabou marcando contra o Luverdense. Após o gol, o Timbu, melhor em campo, conseguiu administrar bem o resultado e garantiu o triunfo por 1 a 0.

No Castelão, em um jogo de desesperados, o Sampaio Corrêa levou a melhor diante do Tupi-MG, por 3 a 1 e chegou a nove pontos. A equipe maranhense segue na lanterna, mas se aproximou mais dos times logo acima na zona de rebaixamento. O placar foi inaugurado aos 20 minutos. Lucas Sotero cobrou escanteio na área, ninguém conseguiu cortar, e a bola só parou no fundo da rede. Vinte e três minutos depois, o Galo Carijó chegou ao empate. Rubens aproveitou o rebote após falha da defesa adversária e deixou tudo igual. Na etapa final, o Sampaio chegou ao segundo com Pimentinha, aos 22. Edgar fez grande jogada e rolou para o atacante, que só teve o trabalho de bater para o gol. Onze minutos mais tarde, os maranhenses liquidaram a fatura por 3 a 1. Rafael Estevam cruzou na área e o zagueiro Luiz Otávio subiu bem para fechar a conta no Castelão.

Dois empates fecharam a 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira (28). No Nabi Abi Chedid, Bragantino e Ceará ficaram no 1 a 1. No Serra Dourada, Goiás e Paysandu pararam na trave e não saíram do 0 a 0.

Em Bragança Paulista (SP), a emoção foi no primeiro tempo. Aos 11 minutos, a bola foi levantada na área, e Gabriel Dias subiu bem para abrir o placar e deixar o Bragantino na frente. Doze minutos depois, veio o empate do Ceará. Wescley levantou a bola na área, o zagueiro Renan Diniz tentou cortar e acabou marcando contra. Na etapa final, o equilíbrio continuou, com chances para os dois lados, mas nenhuma das equipes conseguiu balançar a rede novamente.

No Serra Dourada, Goiás e Paysandu não saíram do 0 a 0. Se engana, no entanto, quem acha que o jogo foi ruim pela falta de gols. Os dois times tiveram chances claras para marcar e pararam somente na trave. No segundo tempo, aos 30 minutos, Léo Lima aproveitou a sobra na entrada da área e, mesmo sem ângulo, finalizou e acertou o travessão. Mais para o fim, já aos 46, foi a vez do Papão parar no poste, com cabeçada de Betinho. Os paraenses ainda ficaram com o rebote, mas Lucas bateu por cima da meta defendida por Renan.

CLASSIFICAÇÃO PG JG VI SG
1 Vasco da Gama-RJ 28 13 9 10
2 Atlético-GO 25 13 7 5
3 Ceará-CE 24 13 7 6
4 CRB-AL 22 13 7 -1
5 Náutico-PE 21 13 6 11
6 Criciúma-SC 21 13 6 5
7 Bahia-BA 20 13 6 7
8 Luverdense-MT 20 13 5 2
9 Paraná-PR 20 13 5 -1
10 Londrina-PR 19 13 5 1
11 Brasil-RS 19 13 5 -1
12 Paysandu-PA 17 13 4 -5
13 Oeste-SP 16 13 4 -3
14 Avaí-SC 15 13 4 0
15 Vila Nova-GO 14 13 4 -2
16 Goiás-GO 14 13 3 -4
17 Bragantino-SP 11 13 2 -6
18 Joinville-SC 11 13 2 -7
19 Tupi-MG 9 13 2 -4
20 Sampaio Corrêa-MA 9 13 2 -13

 

Fonte: CBF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s