Com briga campal de organizadas, Baraúnas vira para cima do Potiguar e retoma liderança

No primeiro jogo da temporada 2017 no estádio Nogueirão houve golaços, virada e uma briga envolvendo as duas principais torcidas uniformizadas de Potiguar e Baraúnas no final da partida.

Na noite desta quinta-feira, 26, o tricolor venceu o alvirrubro, por 2 a 1, e conseguiu retomar a liderança da Copa Cidade do Natal, equivalente ao primeiro turno do Campeonato Estadual. Os gols da vitória do Leão do Oeste foram marcados por Gabriel Maia e Caio Dittmar. Cleiton Júnior, cobrnado pênalti abriu o placar para o mandante do clássico.

Disputa de bola entre os jogadores de Potiguar e Baraúnas. Foto: Cezar Alves
Disputa de bola entre os jogadores de Potiguar e Baraúnas. Foto: Cezar Alves

O primeiro gol do Potiba veio através de uma cobrança de pênalti. Aos 17 minutos Ciel foi derrubado pelo goleiro Érico e o árbitro Leandro Saraiva assinalou a falta dentro da área. Cleiton Júnior cobrou bem a penalidade e fez vibrar o torcedor do Time Macho.

A partida continuou bem jogada e o Baraúnas chegou ao empate num lindo gol do atacante Gabriel. O avante tricolor cobrou falta com maestria e igualou o confronto.

Já o segundo tempo nem de longe foi corrido como havia acontecido na primeira etapa. Sem muitas chances claras de gol as duas equipes se mostravam cansadas pelo ritmo intenso imposto.

A virada leonina veio em outro lindo gol assinalado por um atleta do Baraúnas. Caio Dittmar recebeu belo passe do zagueiro Nildo. Ele passou pelo lateral Ciel e mandou no ângulo fazendo o torcedor tricolor vibrar com o resultado.

Foto: Reprodução de vídeo extraído whatsapp
Foto: Reprodução de vídeo extraído whatsapp

A marca triste do clássico Potiba 105 na história do Estadual ficou para o confronto das duas principais torcidas uniformizadas. Elas aproveitaram a falta de policiamento no lado interditado do estádio e se enfrentaram em uma verdadeira briga campal. Só com os vândalos brigando foi que a polícia chegou para separar os brigões.

Foto: Extraída de vídeo do whatsapp
Foto: Extraída de vídeo do whatsapp

Ao final da partida, alguns uniformizados que se envolveram na briga atravessaram todo o campo de jogo escoltados pelos PM’s.

Com o resultado, o Baraúnas reassumiu a liderança do turno agora com sete pontos ganhos, o mesmo número de pontos do ABC, mas fica a frente do alvinegro pelos critérios de desempate.

Na quarta rodada o Leão do Oeste jogará novamente no Nogueirão. O time mossoroense vai enfrentar o Assu. A partida está marcada para às 17 horas deste domingo, 29. Já o Potiguar jogará fora de casa diante do Alecrim ,também no domingo.

 

1º tempo

Aos 4 minutos houve o primeiro lance de perigo. O lateral Alexsandro errou passe no meio de campo. O meia Lucy Júnior se aproveitou do vacilo do atleta leonino, mas na hora do chute mandou a bola por cima do gol.

Aos 5 minutos o Baraúnas respondeu com Beleu. O meia do tricolor limpou jogada pela direita e bateu forte. O goleiro Rafael Dida espalmou evitando o primeiro gol do Leão do Oeste na partida.

Aos 6 minutos o meio campista Jozicley passou por dois jogadores do Baraúnas. Da entrada da área o jogador do alvirrubro chutou fraco para a defesa do goleiro Érico.

Aos 8 minutos o meia Gabriel Maia fez boa jogada pela esquerda e da entrada da área chutou forte com a bola passando à esquerda da meta defendida por Rafael Dida.

Aos 13 minutos Beleu passou para o meio campista Ítalo. O jogador do Baraúnas mandou a bola longe do gol defendido por Rafael Dida.

Aos 15 minutos o Potiguar teve uma boa chance de gol em uma falta nas proximidades da área. Porém, o meia Giovanni chutou forte, mas longe do gol de Érico.

Aos 17 minutos o goleiro Érico cometeu pênalti em cima do lateral Ciel. Jozicley fz boa jogada pela direita e serviu o atleta alvirrubro que foi calçado pelo arqueiro leonino.

Aos 18 minutos Cleiton Júnior abriu o placar para o Potiguar cobrando pênalti. Ele mandou no canto direito do goleiro Érico, que ainda tocou na bola, mas não evitou o tento alvirrubro no clássico.

Aos 24 minutos o Potiguar puxou rápido contra-ataque. Lucy Júnior passou para Jozicley que tirou um jogador do Baraúnas da jogada e se não fosse o zagueiro Nildo ele ficaria sozinho na frente do goleiro Érico.

Aos 25 minutos o meia Beleu tentou resolver sozinho. Ele carregou a bola até a entrada da área e na hora do chute mandou por cima do gol sem perigo para o gol defendido por Rafael Dida.

Aos 27 minutos o goleiro Érico fixou somente torcendo para que a bola fosse para fora na cobrança de falta do meia Giovanni. O atleta alvirrubro cobrou a falta com muita categoria e a bola passou rente a trave direita do gol defendido por Érico. O arqueiro leonino ficou estático.

Aos 29 minutos o volante Yago quis surpreender o goleiro Rafael Dida e chutou de quase o meio de campo, mas a bola passou longe do gol.

Aos 31 minutos o Baraúnas chegou ao empate em linda cobrança de falta de Gabriel Maia. Da entrada da área ele cobrou com maestria e empatou para o tricolor sem chances para o goleiro Rafael Dida, que pulou e não conseguiu defender. Caprichosamente a bola ainda bateu na trave antes de balançar as redes alvirrubra.

Aos 34 minutos Beleu ganhou a bola do zagueiro Claúdio Baiano. O atleta tricolor tocou a bola para Gabriel Maia que chutou forte, mas a bola passou por cima do gol de Rafael Dida.

Aos 38 minutos o meia Giovanni recebeu bola livre na entrada da área leonina. O chute saiu fraco e o goleiro Érico defendeu sem dificuldade.

Aos 44 minutos Ciel desceu pela esquerda e cruzou para a área, mas antes da bola chegar no atacante Cleiton Júnior o goleiro Érico se antecipou ao jogador alvirrubro. Cleiton já se preparava para mandar a bola para o fundo do gol.

2º tempo

Aos 2 minutos Johnson Júnior recuperou a bola para o Baraúnas e serviu para Caio Dittmar. O atacante tricolor chutou fraco e a bola passou à esquerda do gol de Rafael Dida.

Aos 6 minutos Luís Alberto cobrou falta com muita força, mas a bola passou sobre o gol de Érico sem nenhum perigo.

Aos 7 minutos Ciel desceu pela esquerda e passou a bola para Cleiton Júnior. O atacante alvirrubro tentou livrar-se do zagueiro Nildo, que desarmou o atleta rival e evitou uma boa oportunidade d e gol do Potiguar.

Aos 16 minutos o Baraúnas teve um contra-ataque para virar o placar, mas desperdiçou. Caio Dittmar passou Alexsandro que errou o lançamento para Beleu. O goleiro Rafael Dida chegou primeiro do que o meia tricolor.

Aos 18 minutos o goleiro Rafael Dida deu um susto no torcedor do Potiguar no cruzamento do jogador Ítalo. O arqueiro alvirrubro defendeu todo sem jeito a bola vinda da direita.

Aos 23 minutos Johnson Júnior carregou a bola até a entrada da área e na hora do chute mandou longe do gol defendido por Rafael Dida.

Aos 25 minutos Ítalo fez boa jogada pela direita. Ele ganhou de Ciel e passou para Gabriel Maia que chutou forte e a bola foi para fora.

Aos 30 minutos Beleu puxou rápido contra-ataque para o Baraúnas. O meia limpou o zagueiro Luís Alberto e chutou forte para boa defesa de Rafael Dida.

Aos 41 minutos o Baraúnas virou o placar com um golaço do atacante Caio Dittmar. Ele recebeu bola do zagueiro Nildo e limpou o defensor alvirrubro mandando um chutaço no ângulo direito do goleiro Dida levando o torcedor tricolor a loucura no estádio Nogueirão.

Aos 43 minutos o zagueiro Luís Alberto cabeceou, mas a bola foi para fora desperdiçando a chance de empate do Potiguar.

Aos 45 minutos torcedores organizados se enfrentaram na parte interditada do estádio. O jogo paralisou. Os policiais começaram atiraram bala de borracha para conter os vândalos que brigavam. Os ânimos ficaram exaltados. Após três minutos o árbitro Leandro Saraiva reiniciou a partida.

Aos 49 minutos o Potiguar chegou a empatar o jogo, mas o auxiliar assinalou impedimento para desespero do jogadores alvirrubro e da torcida.

Ficha técnica

Jogo: Potiguar x Baraúnas

Rodada: 3ª da Copa Cidade do Natal

Local: Nogueirão, Mossoró

Data: 26.01.2017

Horário: 20 horas

Árbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira

Auxiliares: Leandro Lincoln Santos Neves e George Ítalo Antas Nogueira

Gols: Cleiton Júnior 18’ (1º) (POT), Gabriel Maia 31’ (1º) (BAR), Caio Dittmar 41’

Amarelos: Érico (BAR), Beleu (BAR), Balinha (BAR), Ítalo (BAR), Lucas Viccari (POT)

Vermelho:

Renda:

Público:

Potiguar: Rafael Dida; Glaubinho, Luis Alberto, Cláudio Baiano e Ciel; Sidney, Batata, Jozicley e Lucy Júnior (Lucas Viccari), Giovanni (Diego Upanema) e Cleiton Júnior. Técnico: Dário Lourenço

Baraúnas: Érico; Balinha, Ferreira, Nildo e Alexsandro; Yago Junno, Ítalo, Felipinho (Johnson Júnior) e Beleu; Gabriel Maia (Luís Henrique) e Capacete (Caio Dittmar). Técnico: João Menezes (Barata)

Anúncios

2 comentários sobre “Com briga campal de organizadas, Baraúnas vira para cima do Potiguar e retoma liderança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s